terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

Sempre quis ter o poder de escrever tudo que eu sinto, mas minha única sensação neste momento é a SOLIDÃO!

Não consigo entender como tudo isso começou. Pode parecer estranho, mas por mais que existam pessoas do meu lado... Pais, irmão, amigos. Ainda assim me sinto só. Minha solidão pede algo mais do que isso, talvez ela precisa de um complemento, mas ainda não o achei.
Incrível como a falta da dor que eu sentia antes anda me rondando e chama desesperadamente pra que ela volte. Ela me preenchia, me fazia, de alguma forma, feliz.
Queria colocar de uma vez na minha cabeça que ela não faz falta, mas todo minuto eu lembro dela e ela vem como uma sensação de um drogado precisando saciar seu vício sobre a droga! Eu precisava dela pra viver, ela era ainda mais dolorida do que essa solidão que agora tomou conta de mim, mas dela eu precisava pra me sentir melhor. Fico desesperada só de lembrar que dela jamais vou me apropriar novamente e ao mesmo tempo aliviada.
Aliviada porque sou maior e mais forte do que essa dor, e que sem ela eu estou aprendendo a viver pensando mais em mim, agindo com a razão e a ter amor próprio, o que antes não tinha!

Dor, se você estiver me ouvindo, onde quer que você esteja. Sinto muito sua falta, mas a saudade, cada dia que passa, se torna apenas uma lembrança triste, da qual eu quero e PRECISO esquecer! Se estiver em outro coração, faça com que não seja com a mesma intensidade que em mim dolorida estava. Dor, sei que um dia eu te amei, te amei mais que a mim, mas peço que, por todo esse meu amor que sentia por ti, que não volte! Pois eu tenho certeza que meu coração dessa vez não aguenta mais!

Dizer o que sente pode parecer loucura, mas sou louca mesmo! E quem nunca foi?

Nenhum comentário:

Postar um comentário